Método.

firefoxUma criança nasce sem nenhuma informação a respeito do mundo. E na medida que se desenvolve, ela adquire e preenche sua mente com inormações conforme as situações que presencia. Neste processo a língua nativa do ambiente em que vive vai sendo incorporada por meio do convívio e juntamente com soma das necessidades de se comunicar com o mundo.

 


Percebe-se que uma criança mesmo sem saber ler e escrever consegue aprender uma nova língua. Partindo dessa mesma filosofia é possível que um adulto aprenda uma nova língua pelo mesmo princípio. A maiorias dos cursos tradicionais ensinam um novo idioma tendo início pela gramática, ou seja, aprende-se uma nova língua, a qual não se fala ainda, estudando-a pelo seus aspectos de leitura e escrita.

Mas como aprender a gramática de uma língua que não se fala ainda? Essa questão foi percebida como ponto chave do aprendizado e baseando-se nela, construímos o método de ensino do curso de Inglês para Missões Transculturais.

O nosso método, LANGUAGE ACQUISITION, simula o aprendizado do inglês como se os alunos estivessem sendo alfabetizados analogamente a uma criança, com a vantagem dos conhecimentos adquiridos em sua língua nativa.

O primeiro foco do método é a pronúncia das palavras. Diferente do português, na língua inglesa não se ler exatamente como se escreve e os sons das vogais mudam muito de palavra para palavra. Isto obriga quem está aprendendo conhecer as palavras. O segundo foco é a fluência e o aluno é direcionado a pensar em inglês. Os aspectos da cultura são levados em conta no aprendizado, a fim de que o aluno adquira a necessidade de elaborar situações práticas e expressá-las em inglês.

Uma das maiores barreiras que impedem os alunos, na maioria dos cursos tradicionais, de se desenvolverem e também que desistam dos estudos. São os diferentes sotaques entre Norte-americanos e Britânicos. É inevitável a frustração de quem está aprendendo falar quando se depara com americanos pela primeira vez, quer seja pessoalmente ou assistindo filmes. Isso ocorre devido ao fato de que as escolas tradicionais adotam o a pronúncia Britânica como referência no ensino, o que faz muito sentido, pois o Inglês legítimo se origina dos países pertencentes ao Reino-unido. Para se ter uma idéia do que isto representa, seria mais ou menos como comparar o português falado em Portugal como o do Brasil. Nosso curso adota a pronúncia Americana, mas sem perder a referência da Britânica.

Todo o curso é dividido em três módulos: Básico, Avançado e Gramatical.

O Módulo Básico é indicado para quem não tem conhecimento do idioma Inglês. O mesmo introduz ao aluno noções de fonética para uma correta pronúncia. Logo após, um estudo de um grupo de palavras previamente selecionadas, que serão primordiais para qualquer diálogo. Também neste Módulo é enfatizado a linguagem bíblica e os louvores evangélicos.

O Módulo Avançado é dedicado exclusivamente a aquisição da fluência do inglês. O objetivo é encorajar os alunos a falar com rapidez e se familiarizem com a linguagem usual. O foco é direcionado para a leitura bíblica, evangelismo, pregações e o estudo de filmes.

O Módulo Gramatical, ao contrário dos métodos tradicionais, este será o ultimo a ser abordado. Somente depois da aquisição da língua é que o aluno está pronto para aprender escrever corretamente.